Desmistificando as Fontes de Energia

Fala Energista! Hoje vou te contar sobre as fontes de energia.

É um assunto que é essencial para que você comece a entender melhor o setor de energia.

Já parou para pensar de onde vem a energia que consome em diferentes momentos do seu dia?

Isso mesmo, toda a energia, não só a ELÉTRICA. Então para começar já vamos de cara desmistificar o maior erro que as pessoas cometem, que é confundir fontes energéticas com fontes elétricas.

  • Fontes Energéticas: Inclui toda energia que é gerada das diversas formas, para diversos usos como combustíveis de veículos, gás de cozinha, aquecimento e eletricidade.
  • Fontes Elétricas: Apenas a geração de energia elétrica. Ou seja, a matriz elétrica é parte da matriz energética.

Agora sim, dá para prosseguir…

Vem e aproveita esse conteúdo, pois com ele você estará construindo sua base de conceitos para se tornar um expert em falar Energês.

Ao final desse post, você vai estar familiarizado com os seguintes conceitos:

– O que e quais são as fontes de energia primária e fontes de energia secundária;
– A diferença entre fontes de energia renováveis e fontes não-renováveis;
– Quais são as fontes de energia renováveis e não renováveis.

Bora lá?

Fontes de Energia Primárias

Em primeiro lugar, para entender melhor todas as fontes de energia é importante que entenda o que são fontes de energia primárias e secundárias.

As fontes primárias são aquelas oriundas da natureza em sua forma direta, ou seja, antes de ser convertida ou transformada em formas de energia secundárias ou terciárias.

Por exemplo: A energia eólica (dos ventos) se transforma em eletricidade.

Nesse processo de transformação sempre ocorrem perdas de energia.

Energês 1

Transformação:

A transformação é o processo que a fonte primária deve passar para se transformar em fonte secundária, exemplos de centros de transformação:

  • Centrais Elétricas (usinas);
  • Carvoarias;
  • Refinarias e plantas de gás natural;
  • Coquerias;
  • Destilarias e
  • Ciclo combustível nuclear.

A seguir vou te contar alguns exemplos de fontes de energia primárias.

1) Petróleo -Originado através do depósito de matéria orgânica submetida a condições especiais de temperatura e pressão.

Petróleo - fontes de energia

2) Gás natural – originada através do depósito de matéria orgânica submetida a condições especiais de temperatura e pressão.

Gás Natural - fontes de energia

3) Carvão mineral – originada através do depósito de matéria orgânica submetida a condições especiais de temperatura e pressão.

Carvão mineral - fontes de energia

4) Energia hidráulica – energia originada através da água dos rios

Energia hidráulica - fontes de energia

5) Energia solar – Energia originada através do sol.

Energia solar - fontes de energia

6) Energia eólica – energia originada através dos ventos.

Energia eólica - fontes de energia

7) Energia geotérmica – Originada através do calor do interior da Terra.

Energia geotérmica - fontes de energia

8) Energia nuclear – Originada através da fissão nuclear do urânio.

Energia nuclear - fontes de energia

9) Lixívia – Licor negro, originado da indústria de celulose.

licor negro

10)  Biomassa – originada através da matéria orgânica (lenha, resíduos orgânicos, florestais, dejetos industriais, pecuários….)

biomassa 1 - fontes de energia
biomassa - fontes de energia

11) Energia maremotriz e undimotriz – Energia originada através das marés e ondas respectivamente.

Energia maremotriz - fontes de energia
Energia undimotriz - fontes de energia

Fontes de Energia Secundárias

Já as fontes de energia secundárias,  são aquelas que sofreram algum tipo de transformação, tendo como destino os diversos setores de consumo e, eventualmente, outro centro de transformação. Por exemplo: 

1) Óleo diesel – Combustível originado do petróleo usado para ônibus, caminhões, fornos industriais e termelétricas a diesel.

Óleo diesel - fontes de energia

2) Óleo combustível – Combustível originado do petróleo usado em indústrias.

Óleo combustível - fontes de energia

3) Gasolina – Combustível originado do petróleo usado para automóveis e motocicletas.

gasolina - fontes de energia

4) Gás liquefeito de petróleo (GLP) – Originado do petróleo e utilizado em botijões de cozinha.

gás liquefeito - fontes de energia

5) Nafta petroquímica – Originada do petróleo e matéria-prima para a indústria de plásticos e borrachas.

Nafta - fontes de energia

6) Gás de xisto – Originado do petróleo e usado para geração de eletricidade, aquecimento de casas, etc.

Gás xisto - fontes de energia

7) Eletricidade – Originada de diversas fontes de energia, podendo ser renováveis ou não.

Eletricidade - fontes de energia

8) Carvão vegetal – Originado da matéria orgânica e usada para obtenção de energia.

Carvão vegetal - fontes de energia

9) Etanol – Originado da cana-de-açúcar e usado como combustível para automóveis.

Etanol - fontes de energia

10) Coque de petróleo – Derivado do petróleo e usado na liga de ferro-gusa, como abrasivo, entre outros.

Coque de petróleo - fontes de energia

11) Alcatrão – Originado da destilação de determinadas matérias orgânicas e usado em siderúrgicas e como asfalto.

Alcatrão - fontes de energia

12) Biodiesel – Originado principalmente de óleos vegetais, mas também pode ser obtido por gorduras animais e é usado como combustível.

Biodiesel - fontes de energia

13) Biogás – Gás originado a partir da biomassa, por meio de bactérias fermentadoras.

Biogás - fontes de energia

Ufa! A quantidade de diferentes tipos de fontes de energia é muito grande né? E isso que nem citamos todas, todas mesmo.

Além disso, você já deve ter lido ou ouvido bastante falar sobre fontes renováveis e as não-renováveis, mas você realmente sabe diferenciá-las?

Fontes Renováveis, Não-Renováveis, Limpas e Sujas

Se tratando de fonte limpa e suja tem aí um pequeno equívoco, onde muitas pessoas consideram que fonte renovável é limpa e não renovável é suja.

Atenção Energista, isso pode resultar em uma questão errada do vestibular hein! kkk

As fontes de energia não-renováveis são aquelas finitas ou esgotáveis, ou seja, quanto mais as usarmos, menos teremos no estoque total. Na maioria delas, a sua reposição na natureza é extremamente lenta, pois resultam de processos que levam milhões de anos sob condições específicas de temperatura e pressão. 

Já no caso das fontes de energia renováveis, são consideradas inesgotáveis, pelo fato de suas quantidades disponíveis se renovarem constantemente ao serem usadas.

Quando se fala em “energia limpa”, não estamos falando de um tipo de geração de energia que não cause nenhum impacto ambiental, pois, até o momento, esse sonho ainda não se tornou realidade.

Fontes limpas são aquelas não emitem gases poluentes em seu processo de conversão, por exemplo a nuclear é não renovável mas é limpa (sim, ela gera ‘lixo’ nuclear, mas não é um poluente atmosférico que agrava o aquecimento global).

Fontes sujas são aquelas que emitem gases agravantes de efeito estufa, como por exemplo a biomassa, que é renovável mas não é limpa (mesmo que ao final o balanço de carbono fique neutro).

Vale lembrar que, com o aumento da preocupação acerca das mudanças climáticas, as fontes renováveis estão tendo uma inserção significativa no mercado brasileiro e mundial. 

Apesar disso, algumas dessas fontes apresentam intermitência (ou variação) na geração de energia elétrica ao longo do dia ou ano, tendo como exemplos: a energia eólica (que não gera quando não há ventos), a energia solar (no caso do período da noite) e a energia hidrelétrica (podem ocorrer secas). 

Coloquei abaixo um esquema com exemplos das principais, para que entenda melhor.

Por hoje é isso, mas se você quer saber mais sobre as diversas fontes de energia (solar, eólica, hídrica, biomassa, biogás) aumentar seu leque de conhecimentos e de opções para ofertar para seus clientes, faça parte da Comunidade Energês. 

Até breve.

Joi e Equipe Energês.

5 Comentários

    • Caroline - Equipe Energês

      Olá Dulceneia, como vai?
      Obrigada pelo feedback! No que precisar pode contar conosco 😉

  1. Mariana

    Me ajudou muuuito fazendo meu trabalho de final de bimestre do 3° ano ( colegial )!!!

    Fácil de entender e incrível! Obrigada

    • Caroline - Equipe Energês

      Olá Mariana! Que bom que lhe ajudamos. É bom ver que nossa maneira de transmitir conhecimento ajuda não somente os profissionais, mas também todas as pessoas!
      Continue nos acompanhando. Abraços!

  2. Pingback:Por que ter energia solar é a melhor escolha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aquecimento Solar

Conceitos iniciais. Conhecimento de Coletores e Boilers. Projeto SAS - Sistema de Aquecimento Solar. Planilha de Dimensionamento Aquecimento Solar. Como Dimensionar projeto SAS. Aquecimento Solar e Aquecimento Piscina. MasterClass de Aquecimento Solar.

Energia Fotovoltaica

Principais Conceitos. Conhecimento de equipamentos de usinas FV. Visita Técnica, Solicitação de Acesso, Solicitação de Vistoria. Comissionamento. Licenciamento Ambiental SC. Erros em sistemas FV. Usinas Solares Centralizadas (Outorga ANEEL e Medição de dados Solarimétricos). Como dimensionar um sistema conectado à rede. Dimensionamento de sistema Off-grid. Planilha de Dimensionamento On-grid. Vendas. Estudos Econômicos e Fluxo de Caixa Grandes Usinas na GD.

Eficiência Energética

Práticas de Eficiência Energética. Como fazer uma Auditoria Energética. Eficiência aplicada na iluminação. Planilha de Eficiência Energética para substituição de lâmpadas. Planilha de Gestão e Análise de Modalidades Tarifárias. Eficiência aplicada às edificações. Gestão de Energia (ISO 50.001).

Tarifa e Fatura de Energia

Manual da Conta de Energia. Minicurso Estrutura Tarifária. Estrutura e Composição Tarifária. Planilha de Modalidade Tarifária. Gestão de Energia no Agronegócio.

Energia Eólica

Conceitos iniciais. Medição de Dados Anemométricos. Potência do Vento. Materiais e propriedades construtivas do Aerogerador. Outorga e Implantação de usina eólica. Planilhas de Prospecção de Potencial Energético (usando dados de medição de vento real e dados de vento estimados do local).

Biomassa

Introdução, Conceitos, Tipo, Conversão e Usos da Biomassa. Como fazer cálculo de produção de biogás. Planilha de Geração de Biogás de Suínos, de Aterro Sanitário e de Efluentes. Dimensionamento Biodigestores. Outorga ANEEL.

Energia Hidrelétrica

Conceitos iniciais. Componentes de uma Usina e Medição de dados Fluviométricos. Processo de Outorga de Água. Usos da Água. Projeto Básico. Etapas de Projeto Básico. Prospecção de Potencial Energético (Planilha cálculo para CGH). Planilha de potência mecânica e elétrica. Estudos Econômicos e Fluxo de Caixa de Usinas.

Energias Renováveis e Carreira

Introdução às Energias Renováveis. Energia Geotérmica. Energia Maremotriz e das Ondas. Performance de Sistemas de Geração de Energia. Oportunidades na prática no setor. Como descobrir o melhor cargo para você conforme sua personalidade. Características e ferramentas para ser um profissional valorizado. Jornada do Profissional de Energia. Maratona do Profissional de Energia.

Novas Tecnologias


Energia Eólica Off-Shore. Hidrogênio Verde. Armazenamento de energia - baterias. Planilha de baterias para sistemas off-grid e para sistemas híbridos. Mercado de Carbono. Implantação de ESG. Planilha de baterias para sistemas off-grid e para sistemas híbridos

Curso Carregadores Elétricos – Sua nova fonte de renda

Setor Elétrico e Geração Distribuída

Introdução ao setor elétrico. Conhecendo órgãos regulamentadores do setor. Agenda regulatória da Aneel. Desmitificando conceitos complexos e temas polêmicos (Garantia de Suprimento, PLD horário, Separação Lastro e Energia, GSF...). Planilha de Estudos Econômicos Financeiros. Modernização do setor elétrico. Processo de Compensação de Energia. Novas Regras da Geração Distribuída (Lei 14.300/2022). Resolução 1000/2021. Planilha para cálculo de Simultaneidade. Performance de sistemas de geração de energia: Fator de Capacidade e PR. Planilha de cálculo Fator de Capacidade.

Mercado Livre de Energia

Conceitos iniciais. Processo de Abertura do Mercado Livre. Por dentro de uma Comercializadora de Energia (Front, Back e Middle Office). Migração para o Mercado Livre. Planilha de Estudo de Viabilidade para Mercado Livre. Processo de Adesão na CCEE. Geradores de Energia (Produtor Independente e Autoprodutor).