Geração Distribuída x Mercado Livre de Energia

Geração Distribuída ou Mercado Livre? Eis um tema polêmico!

“Gostaria de produzir minha própria energia” essa é a uma vontade de 90% dos brasileiros em 2020, segundo a pesquisa do Ibope.

Gerar a própria energia representa liberdade e autonomia, já que o consumidor assume um papel, que tradicionalmente não é o dele, mas que fará cada vez mais parte de sua rotina, ser ativo no processo e não mais passivo.

Diante da temática geração própria, podemos fazer alguns questionamentos que surgem de acordo com as possibilidades: Geração Distribuída/Sistema de Compensação ou Mercado Livre?

GD OU ML

Carinhosamente: GD ou ML? A resposta é aquela que ninguém gosta: Depende.

Uma se encontra no Ambiente Cativo/Regulado e o outro no Ambiente Livre.

Os fatores a serem analisados para esta escolhe seguirão algumas premissas básicas:

Avaliar a potência necessária e potência disponibilizada na unidade consumidora é um dos primeiros passos.

O consumidor pode aderir ao mercado livre com uma demanda mínima de 500 kW, ou em comunhão de carga com outras UCs por fato (áreas vizinhas) ou direito (mesma raiz de CNPJ).

Mas além disso outras perguntas devem ser feitas como:

– Qual o valor pago pela energia hoje? Como é perfil de consumo? Qual a tensão de fornecimento?
– A geração poderá ser na carga? Há área de telhado suficiente – no caso de energia solar?
– Será indústria, comércio ou outro?

Deve-se entender se esse consumidor tem um perfil de consumo compatível com o de geração.

No Mercado Livre a geração solar tende a atender adequadamente um consumidor. No mercado cativo deve ser avaliado, pois o horário de ponta é descolado da geração solar. Nesse último caso, o sistema de compensação de energia permite que créditos sejam acumulados e também pode ser avaliada uma outra fonte complementar, como hídrica ou biomassa.

Outra questão fundamental é entender que o excedente e energia na mmGD é contabilizado como crédito no sistema de compensação de energia, já na Autoprodução no Mercado Livre o que for injetado pode ser comercializado.

QUAIS AS DIFERENÇAS ENTRE GERAÇÃO DISTRIBUÍDA E MERCADO LIVRE?

Confira aqui as principais diferenças:


MERCADO LIVRE OU ENERGIA SOLAR DISTRIBUIDAFonte: Energês, 2021.

POSSO MIGRAR DE GERAÇÃO DISTRIBUÍDA PARA MERCADO LIVRE?

O que fazer quando um consumidor que possui um sistema de micro ou mini GD quer migrar para o Mercado Livre?

Neste caso alguns procedimentos devem ser seguidos, como:

– Cancelar os contratos com a distribuidora de consumo e solicitar como geração
– Adequar o Sistema de Medição e Faturamento
– Realizar o registro na Aneel e os despachos para entrar em operação
– Cumprir o rito na CCEE – Processo de adesão
– Se houver exportação de energia para a rede – Modelagem do ativo e contrato de comercialização.

Para saber mais sobre os passos para migração para o mercado livre de energia, acesse aqui.

Já o processo contrário – migrar uma geração do Mercado Livre para a micro e mini Geração Distribuída – NÃO é possível, visto que, segundo a REN ANEEL n° 482/2012 “É vedado o enquadramento como microgeração ou minigeração distribuída das centrais geradoras que já tenham sido objeto de registro, concessão, permissão ou autorização, ou tenham entrado em operação comercial ou tenham tido sua energia elétrica contabilizada no âmbito da CCEE ou comprometida diretamente com concessionária ou permissionária de distribuição de energia elétrica”.

Permissões e processos estabelecidos, vamos gerar energia, independente de como seja.

Até a próxima.
Joi e equipe.

Quer aprender tudo sobre Mercado de Energia?

4 Comentários

    • joi

      Olá Ricardo!
      Segundo a Lei 14/300/22 isso não é possível. Parágrafo único. Não poderão aderir ao SCEE os consumidores livres que tenham exercido a opção de compra de energia elétrica, conforme as condições estabelecidas nos arts. 15 e 16 da Lei nº 9.074, de 7 de julho de 1995, ou consumidores especiais que tenham adquirido energia na forma estabelecida no § 5º do art. 26 da Lei nº 9.427, de 26 de dezembro de 1996.

    • Conteudista

      Olá Paulo!

      Não, você só pode contratar energia no ambiente livre se você fizer a migração dessa unidade para o ML. Em 2024, o ML foi aberto para todo o grupo A, então é possível fazer um estudo de viabilidade e verificar se é viável essa UC migrar para o grupo A.
      Temos o Curso Mercado de Energia, onde você via entender sobre os ambientes de contratação, sobre mercado livre e também tem acesso a uma planilha de viabilidade de migração:https://energes.com.br/mercado-de-energia/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aquecimento Solar

Conceitos iniciais. Conhecimento de Coletores e Boilers. Projeto SAS - Sistema de Aquecimento Solar. Planilha de Dimensionamento Aquecimento Solar. Como Dimensionar projeto SAS. Aquecimento Solar e Aquecimento Piscina. MasterClass de Aquecimento Solar.

Energia Fotovoltaica

Principais Conceitos. Conhecimento de equipamentos de usinas FV. Visita Técnica, Solicitação de Acesso, Solicitação de Vistoria. Comissionamento. Licenciamento Ambiental SC. Erros em sistemas FV. Usinas Solares Centralizadas (Outorga ANEEL e Medição de dados Solarimétricos). Como dimensionar um sistema conectado à rede. Dimensionamento de sistema Off-grid. Planilha de Dimensionamento On-grid. Vendas. Estudos Econômicos e Fluxo de Caixa Grandes Usinas na GD.

Eficiência Energética

Práticas de Eficiência Energética. Como fazer uma Auditoria Energética. Eficiência aplicada na iluminação. Planilha de Eficiência Energética para substituição de lâmpadas. Planilha de Gestão e Análise de Modalidades Tarifárias. Eficiência aplicada às edificações. Gestão de Energia (ISO 50.001).

Tarifa e Fatura de Energia

Manual da Conta de Energia. Minicurso Estrutura Tarifária. Estrutura e Composição Tarifária. Planilha de Modalidade Tarifária. Gestão de Energia no Agronegócio.

Energia Eólica

Conceitos iniciais. Medição de Dados Anemométricos. Potência do Vento. Materiais e propriedades construtivas do Aerogerador. Outorga e Implantação de usina eólica. Planilhas de Prospecção de Potencial Energético (usando dados de medição de vento real e dados de vento estimados do local).

Biomassa

Introdução, Conceitos, Tipo, Conversão e Usos da Biomassa. Como fazer cálculo de produção de biogás. Planilha de Geração de Biogás de Suínos, de Aterro Sanitário e de Efluentes. Dimensionamento Biodigestores. Outorga ANEEL.

Energia Hidrelétrica

Conceitos iniciais. Componentes de uma Usina e Medição de dados Fluviométricos. Processo de Outorga de Água. Usos da Água. Projeto Básico. Etapas de Projeto Básico. Prospecção de Potencial Energético (Planilha cálculo para CGH). Planilha de potência mecânica e elétrica. Estudos Econômicos e Fluxo de Caixa de Usinas.

Energias Renováveis e Carreira

Introdução às Energias Renováveis. Energia Geotérmica. Energia Maremotriz e das Ondas. Performance de Sistemas de Geração de Energia. Oportunidades na prática no setor. Como descobrir o melhor cargo para você conforme sua personalidade. Características e ferramentas para ser um profissional valorizado. Jornada do Profissional de Energia. Maratona do Profissional de Energia.

Novas Tecnologias


Energia Eólica Off-Shore. Hidrogênio Verde. Armazenamento de energia - baterias. Planilha de baterias para sistemas off-grid e para sistemas híbridos. Mercado de Carbono. Implantação de ESG. Planilha de baterias para sistemas off-grid e para sistemas híbridos

Curso Carregadores Elétricos – Sua nova fonte de renda

Setor Elétrico e Geração Distribuída

Introdução ao setor elétrico. Conhecendo órgãos regulamentadores do setor. Agenda regulatória da Aneel. Desmitificando conceitos complexos e temas polêmicos (Garantia de Suprimento, PLD horário, Separação Lastro e Energia, GSF...). Planilha de Estudos Econômicos Financeiros. Modernização do setor elétrico. Processo de Compensação de Energia. Novas Regras da Geração Distribuída (Lei 14.300/2022). Resolução 1000/2021. Planilha para cálculo de Simultaneidade. Performance de sistemas de geração de energia: Fator de Capacidade e PR. Planilha de cálculo Fator de Capacidade.

Mercado Livre de Energia

Conceitos iniciais. Processo de Abertura do Mercado Livre. Por dentro de uma Comercializadora de Energia (Front, Back e Middle Office). Migração para o Mercado Livre. Planilha de Estudo de Viabilidade para Mercado Livre. Processo de Adesão na CCEE. Geradores de Energia (Produtor Independente e Autoprodutor).